Notícias da Semana

Previous Next
Ministério do Trabalho publica Instrução Normativa nº 129, de 11 de janeiro de 2017

O Ministério do Trabalho, por meio da Secretaria de Inspeção do Trabalho, divulgou Instrução Normativa que estabelece procedimento especial para a ação fiscal da Norma Regulamentadora nº 12 - Segurança e Saúde no Trabalho em Máquinas e Equipamentos - e dá outras providências. Clique na imagem ao lado para acessar a íntegra do documento.

SEG TRAB

Leia mais...
Complexo residencial promove estabilidade para corretores de imóveis

Profissionais imobiliários são contemplados com iniciativas que visam dar uma ajuda extra nas vendas

panoramicadobairro eldoradoparque

A profissão corretor de imóveis tem vários desafios, entre eles manter o nível de vendas ao longo dos meses. Com políticas de valorização profissional realizadas com auxílio da tecnologia, um grupo de construtoras está conseguindo sanar esse problema para alguns profissionais, oferecendo a eles vários canais eficientes de contato com o público e empreendimentos com tipos e metragens de apartamentos diferentes em um mesmo complexo residencial, o Eldorado Parque, no Parque Oeste Industrial.

Ciente da dificuldade que é trabalhar com um volume grande de informações sobre empreendimentos distintos, principalmente com as dimensões do Eldorado, que tem 137.737,40 m² de área construída, o grupo empresarial que conduz as obras, formado pelas construtoras CMO, Dinâmica, Engel e Tropical Urbanismo, resolveu facilitar a vida dos corretores imobiliários. Com o Portal do Corretor, área exclusiva disponível no site do empreendimento e em aplicativo mobile, o profissional pode acessar em um só local informações de venda como plantas, projetos, memoriais descritivos e valores.

Para a assistente de marketing da Dinâmica Engenharia, Joice Chagas, ao simplificar a comunicação dos corretores com o público e deste com o grupo empresarial, o grupo permite que profissionais se especializem mais facilmente nos detalhes dos empreendimentos de grandes dimensões, de modo que podem oferecer melhores atendimentos aos interessados.

Valorização profissional

Outra iniciativa que ajuda a tornar o trabalho dos profissionais mais célere é o programa de valorização dos profissionais que trabalham diretamente no estande de vendas do empreendimento. Joice explica que as equipes que se dispõem a realizar plantões ganham algumas ferramentas que fazem a diferença. “Toda a mídia que é feita para divulgar o empreendimento é voltada para o contato via estande de vendas. Esta é uma forma de privilegiar as equipes foco que se interessam em se especializar no produto”.

Além disso, o site está equipado com um chat online por meio do qual corretores plantonistas podem solucionar dúvidas de interessados rapidamente, tudo sem uso de telefone. Outro diferencial a aba “ligamos para você”, em que a pessoa cadastra seu telefone para receber uma ligação de um corretor em 30 segundos. “A pessoa inscreve seu telefone e, em 30 segundos recebe uma ligação da recepcionista, que direciona a ligação para um corretor”. Joice lembra que os contatos adquiridos em eventos e pela internet com interessados em comprar imóveis no complexo também são oferecidos para carta dos corretores que ficam no estande de vendas.

Na prática

A corretora de imóveis, Mirtes Barcelos, trabalhou na primeira etapa do Bairro Eldorado. Ela conta que o fato de focar em um empreendimento ajuda nas vendas. “Você se especializa no produto e por isso vende mais. Foram cerca de dez anos vendendo exclusivamente empreendimentos do Bairro Eldorado, outro projeto deste mesmo grupo empreendedor, o que de fato me trouxe certa estabilidade, coisa difícil na nossa profissão”, avalia.

A valorização do profissional também se torna primordial para a manutenção da carreira dos corretores. Para um dos diretores da Dinâmica Engenharia, Mário Valois, é preciso aproximá-lo de todo o processo, desde a escolha do lote do empreendimento até seu lançamento. “É claro que o sucesso das vendas depende de vários fatores, mas entre eles está o olhar do corretor de imóveis. É ele quem está na ponta do processo, sabe o que o cliente quer e buscamos além dos estudos de mercado ouvir esses profissionais”, avalia.

O empreendimento

O Eldorado parque é um complexo residencial que ocupa uma área de 26 quadras no Parque Oeste Industrial. É composto por cinco empreendimentos já entregues: De La Flor, Harmonia, Villa Lobos, Anhembi e Ibirapuera, e o Residencial Pampulha que tem previsão de entrega para maio de 2018, com possibilidade de antecipação ainda para o fim deste ano. Juntos, detém 1.624 apartamentos, com metragens que vão de 48 m² a 65 m². Além disso, tem um total de 1.816 vagas de estacionamento e uma área de lazer completa.

Leia mais...
Termina no próximo dia 31 o prazo para recolhimento da Contribuição Sindical Patronal 2017, sem os encargos de atraso

Contribuicao Sindical Patronal 2017 mala direta

O Sinduscon-GO lembra que no próximo dia 31 de janeiro termina o prazo para as empresas do setor da construção recolherem a Contribuição Sindical Patronal 2017. Após esta data, o recolhimento será efetuado com multa, juros de mora e atualização monetária. As instruções para o pagamento, bem como a tabela progressiva, estão disponíveis no site www.sinduscongoias.com.br. As guias para recolhimento foram enviadas através dos correios no início do mês de janeiro.

A Contribuição Sindical está prevista no artigo 579 da Consolidação das Leis do Trabalho e “é devida por todos aqueles que participarem de uma determinada categoria econômica (...), em favor do sindicato representativo da mesma categoria”. A Contribuição é obrigatória, deve ser paga anualmente, de uma só vez, e consiste – para os empregadores – numa importância proporcional ao capital social da firma ou empresa registrado nas respectivas Juntas Comerciais ou órgãos equivalentes, mediante a aplicação de alíquotas, conforme tabela progressiva.

A não quitação no prazo legal implicará em sanções legais, ficando proibida a empresa de participar de concorrências públicas (Artigo 607 da CLT), bem como de obter financiamentos em instituição financeira estatal.

Paralelamente às sanções acima descritas, a empresa ainda está sujeita à fiscalização feita pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, a qual, ao constar a inadimplência, pode aplicar multa administrativa (Artigo 598 com relação à Lei 7.855 de 24/10/1989), bem como propositura de Ação Judicial perante a Justiça do Trabalho, conforme Art. 606 da CLT.

Para outras informações, ligue: (62) 3095-5164 ou 3095-5182; e-mail: suelen@sinduscongoias.com.br.

Leia mais...
Indústria da construção mantém expectativas boas para 2017

banner icei

O Índice de Confiança da Indústria da Construção (ICEI) retraiu 0,7 pontos em relação a novembro/2016. Não foi uma variação muito expressiva em relação ao mês anterior, porém foi a terceira queda negativa consecutiva e a sexta do ano. O comportamento do ICEI da construção ao longo de 2016 foi de boa recuperação após abril, chegando ao melhor resultado em setembro, quando alcançou 56,2 pontos. Valores acima de 50 indicam empresários confiantes. Porém, com a inversão apresentada nos últimos três meses, o ICEI regrediu para 52,6 pontos em dezembro. Destaca-se que em janeiro deste ano a marca era 48,8 pontos, e em abril, o índice registrou sua pior marca no ano, caiu para 42,3 pontos.

No cenário nacional o ICEI teve queda acentuada, fazendo com que o índice voltasse a ficar abaixo de 50 pontos. Regrediu de 50,3 para 46,3. Destaca-se que a partir de setembro o comportamento do ICEI se mostrou o mais favorável em 2016, pois manteve-se acima de 50 pontos, até agora. Vê-se que o empresariado local está mais otimista que o nacional.

O indicador de expectativas regrediu em relação ao mês anterior. Foi uma queda pouca expressiva e não influenciou o indicador a regredir para menos de 50 pontos, fato não ocorrido desde abril de 2016. O indicador de expectativa de dezembro foi de 59,7 pontos, bem superior ao de dezembro de 2015 que foi de 46,8 pontos. A considerar os dois indicadores tem-se que os empresários estão bem mais esperançosos neste final de 2016, do que em 2015.

De forma contrária aos demais resultados, o indicador de condições teve uma pequena melhora. Saiu de 37,3 para 38,4 pontos, revertendo a tendência dos três últimos meses, que foi de queda. O melhor resultado em 2016 neste indicador foi em agosto (47,1 pontos) e de lá para cá somente um registro positivo, 1,1 ponto em dezembro. Sinalizando uma tendência de melhora para 2017, registra-se que o indicador de dezembro de 2015 foi de 28,7 pontos, abaixo 9,7 pontos do resultado deste ano para igual mês. Ou seja, houve um bom avanço nas condições atuais em relação àquele período.

Leia mais...
FGTS – poupança e segurança para o trabalhador, investimento para o Brasil

jose carlos martins

 Liberação de contas inativas do FGTS
“A indústria da construção recebe com preocupação o anúncio de que será liberada a totalidade dos saldos das contas inativas do FGTS. Entendemos o momento econômico e a necessidade de estimulá-lo, mas somos contrários à liberação indiscriminada dos saldos. Hoje, 4,5% das contas - as de maior valor - representam 45% do saldo, enquanto 80% - as de menor valor - representam somente 8%. Ou seja, poucas contas concentram o grande volume de recursos. Entendemos que se houvesse um limite na liberação dos saldos, poderíamos com o mesmo volume de recursos atender mais pessoas”. José Carlos Martins, presidente da CBIC

O governo federal vem discutindo medidas para reverter a crise e reanimar a economia. Uma parte das propostas foi anunciada recentemente, com vistas a favorecer a produtividade das empresas. Fonte qualificada e confiável de recursos, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) mais uma vez entrou no rol de mecanismos apropriados para aliviar o impacto da deterioração econômica. O governo anunciou mudanças na distribuição dos seus ganhos e na cobrança da multa rescisória; e estuda a liberação do saldo para que o trabalhador possa quitar eventuais dívidas com bancos. A construção civil vinha defendendo a distribuição dos lucros do FGTS, mas rejeita vigorosamente o uso do saldo para pagamento de dívidas. Essa posição sustenta a defesa dos objetivos maiores do FGTS e dos interesses do trabalhador brasileiro.

Leia mais...

Destaques de Serviços

cub destaque banco de empregos destaque ct destaque
cct destaque pisos salariais destaque abnt destaque

Destaques Institucionais

npq sinduscon jovem codese

banner agenda de eventos footer

No Calendar Events Found or Calendar not set to Public.

Parcerias

Convite adesao 9 Ciclo

Subir