PUBLICIDADE HORIZONTAL

Índice Nacional da Construção Civil varia 0,42% em janeiro

on 13 February 2019

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) subiu 0,42% em janeiro, 0,20 ponto percentual acima da taxa de dezembro de 2018 (0,22%). Calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o índice registra, no acumulado de 12 meses, 4,56%, contra 4,41% nos 12 meses imediatamente anteriores.

O custo nacional do metro quadrado construído, que fechou o ano de 2018 em R$ 1.113,88, passou para R$ 1.118,60 em janeiro, sendo R$ 580,41 relativos aos custos com materiais e R$ 538,19 com a mão de obra.

De acordo com o IBGE, a parcela dos materiais variou 0,19%, com queda tanto em relação a dezembro de 2018 (0,45%), quanto a janeiro de 2018 (0,50%).

Já o valor da mão de obra subiu 0,68%, 0,70 ponto percentual acima de dezembro de 2018 (-0,02%). Comparando com janeiro do ano anterior (0,04%), também houve alta significativa, já que em janeiro de 2018 foi firmado apenas um acordo coletivo, em contrapartida aos três dissídios de janeiro de 2019.

Os acumulados em 12 meses ficaram em 5,98% (materiais) e 3,11% (mão de obra), respectivamente.

Das cinco regiões, a Sudeste registrou a maior variação regional no primeiro mês do ano, de 0,83%, com dissídio coletivo em Minas Gerais e alta na parcela de materiais em três estados. As demais regiões tiveram os seguintes resultados: 0,12% (Norte), 0,19% (Nordeste), 0,18% (Sul) e 0,08% (Centro-Oeste). Os custos regionais, por metro quadrado, foram: R$ 1.123,38 (Norte); R$ 1.039,39 (Nordeste); R$ 1.167,87 (Sudeste); R$ 1.159,47 (Sul) e R$ 1.125,20 (Centro-Oeste).

 
(Com informações da Agência IBGE)

Subir