PUBLICIDADE HORIZONTAL

Notícias do Setor

19. 02. 20

O Seconci Goiás promove, no dia 28 de fevereiro, às 14 horas, o 1º Encontro Técnico de Saúde e Segurança do Trabalho, com o tema “Proteção contra choques elétricos em canteiros de obras”. O evento, que será realizado no auditório do Seconci, irá abordar a análise técnica da nova redação do item 18.21 (Instalações elétricas) da NR-18 do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), com o intuito de apresentar, de forma prática, os meios de atendimento aos novos requisitos legais.

Leia mais...
19. 02. 20

“O novo governo deu sinais de que quer agilizar os assuntos das micro e pequenas empresas do País”, destaca a vice-presidente Regional da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Elizabeth Cacho do Nascimento (Betinha), que participou nesta segunda-feira (18/02), em Brasília, de mais uma produtiva reunião do Conselho de Micro e Pequenas Empresas (COMPEM) da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Leia mais...
19. 02. 20

Goiânia e Aparecida apresentaram crescimento nas vendas de imóveis pelo segundo ano consecutivo. Em 2018, o mercado imobiliário goiano atingiu o maior volume de unidades vendidas dos últimos quatro anos. Segundo dados da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Goiás (Ademi-GO), as vendas aumentaram 27% em 2018 em relação a 2017, com 6.579 unidades comercializadas, contra 5.169 do ano anterior. A informação integra análise divulgada pela Ademi-GO, nesta segunda-feira (18), com base em pesquisa desenvolvida pela Bureau de Inteligência Corporativa (Brain). O levantamento apresenta o consolidado de janeiro a dezembro de 2018.

Leia mais...
19. 02. 20

Ao analisar os dados de financiamento imobiliário, divulgados pela Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança) no dia 30 de janeiro, vale refletir sobre os últimos três anos, de 2016 a 2018, e sobre o que devemos esperar para 2019, ano em que depositamos enorme expectativa positiva, principalmente em função do governo que há pouco se instalou no País.

Para o mercado imobiliário, o fundo do poço foi o ano de 2016. Após dois anos consecutivos de PIB negativo, altas taxas de desemprego e gastos públicos desmesurados, o setor sofreu forte redução de lançamentos, registrou minguadas vendas e assistiu a um exponencial crescimento do número de distratos, consequência de o Judiciário não respeitar os contratos assinados entre incorporadores e compradores.

Leia mais...
19. 02. 15

Encontro teve como objetivo reforçar críticas aos serviços oferecidos pela Enel e solicitaram a interferência da agência reguladora

O diretor da Comissão da Indústria Imobiliária do Sinduscon –GO, Sarkis Nabi Curi, esteve presente em reunião na Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) na manhã de ontem (14). A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) foi recebida para discutir os gargalos relativos à distribuição de energia elétrica no Estado e os problemas enfrentados pelo setor produtivo local. A reunião contou também com presença de empresários e representantes da indústria, do comércio e da agricultura, que reforçaram críticas à baixa qualidade nos serviços prestados pela Enel Distribuição Goiás.

Leia mais...
19. 02. 15

O Fato Econômico, divulgado na quarta-feira (13) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e elaborado em conjunto com a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), aponta que, após quatro anos de estagnação, 2019 reúne condicionantes favoráveis para o bom desempenho do setor da construção, que tem expressiva importância para a indústria e para a economia como um todo.

Leia mais...
19. 02. 14

O presidente do Sinduscon-GO, Eduardo Bilemjian, esteve presente no Café da Manhã com Parlamentares promovido pela CBIC, no dia 13 de fevereiro, em Brasília. Com o tema ‘Construção: 1 Milhão de Empregos Já’, o evento apresentou um conjunto de medidas que serão debatidas no Congresso e destinadas a melhorar o ambiente de negócios e a retomada do investimento. Sobre a relevância do encontro para a construção civil, Eduardo afirma que este é um “importante evento, que também proporciona o debate em alto nível das soluções possíveis para o desenvolvimento do país”.

Leia mais...
19. 02. 14

O Conselho de Administração da Câmara Brasileira da Indústria da Construção teve sua primeira reunião do ano na tarde desta terça-feira (13), em Brasília. O evento foi no B-Hotel e contou com a participação de representantes de entidades associadas e do governo federal.

Durante o encontro, o presidente da CBIC, José Carlos Martins, deu as boas-vindas aos novos vice-presidentes regionais da entidade, cargos previstos no novo estatuto do órgão. “Eles terão a principal função de representar a CBIC em outras partes do Brasil”, afirmou.

Leia mais...
Índice Nacional da Construção Civil
19. 02. 13

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) subiu 0,42% em janeiro, 0,20 ponto percentual acima da taxa de dezembro de 2018 (0,22%). Calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o índice registra, no acumulado de 12 meses, 4,56%, contra 4,41% nos 12 meses imediatamente anteriores.

O custo nacional do metro quadrado construído, que fechou o ano de 2018 em R$ 1.113,88, passou para R$ 1.118,60 em janeiro, sendo R$ 580,41 relativos aos custos com materiais e R$ 538,19 com a mão de obra.

Leia mais...
19. 02. 13

O investimento na construção civil, um dos setores que mais empregam no país, não voltará a crescer enquanto o empresário não voltar a ter segurança de que as regras não vão mudar no meio do processo. Essa é a avaliação do presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins, ao falar sobre os entraves para a retomada da confiança do setor, que já empregou 3,4 milhões de pessoas e hoje conta com 2 milhões, apesar de a inflação estar comportada e os juros estarem no patamar mais baixo da história.

Leia mais...
19. 02. 13

Encontro discutiu a criação de uma comissão para discutir problemas do setor da construção e empreendimentos urbanos

O presidente da Enel, Abel Rochinha, e o diretor de relações institucionais da empresa, Humberto Eustáquio, estiveram na segunda-feira (11) em reunião na Fieg.

Na ocasião, Rochinha apresentou os investimentos feitos e a performance da empresa no último ano. Segundo ele, não há falta de investimento para atendimento à demanda reprimida. O desafio é levar energia onde e quando é preciso.

O setor da construção cobrou segurança jurídica em relação à Liberação de Carga, com a garantia da renovação após o início da obra. Segundo o presidente do Sinduscon-GO, Eduardo Bilemjian, é prioritário que a Enel invista onde há problemas emergenciais.

Leia Mais
19. 02. 06

A Caixa Econômica Federal retomou em janeiro o financiamento imobiliário da linha Pró-Cotista, que havia sido suspenso em meados de 2018. Essa modalidade de crédito já foi a segunda mais vantajosa para financiar a casa própria depois do Minha Casa Minha Vida, mas hoje as taxas superam outras, como as do Sistema Financeiro Habitacional (SFH), cujas taxas caíram em agosto.

A linha Pró-Cotista subiu a taxa mínima para 8,76% ao ano. Antes era de 7,85%. Segundo o banco, esse aumento reflete o fim de descontos que eram concedidos aos clientes na hora da contratação do crédito, desde que se tornassem clientes do banco e contratassem um pacote de serviços da Caixa. A taxa máxima não sofreu alteração e continua em 9,01% ao ano.

Via UOL Economia

Subir