PUBLICIDADE HORIZONTAL

Notícias do Setor

19. 02. 27

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei) caiu para 64,5 pontos em fevereiro. Mesmo assim, o indicador está 10,1 pontos acima da média histórica, que é de 54,4 pontos. Os dados são de pesquisa divulgada no último dia 20 pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Os indicadores variam de zero a cem pontos. Quando estão acima de 50 pontos mostram que os empresários estão otimistas. A queda de 0,2 ponto em relação a janeiro interrompe uma sequência de quatro meses consecutivos de aumento da confiança, mas ainda aponta uma percepção positiva do setor.

Leia mais...
19. 02. 27

Diante da queda dos indicadores de qualidade da Enel Goiás (antiga Celg Distribuição), a Fieg realiza uma pesquisa para mapear o setor de energia elétrica no Estado, especificamente quanto à expansão da demanda e a devida carga necessária.

O documento, intitulado Sondagem Especial, contém 11 perguntas, e tem como objetivo mapear a estimativa de expansão da indústria e a necessidade de carga de energia elétrica, em Goiás, buscando melhor atendimento aos goianos.

Para participar, basta responder o questionário no link: Sondagem Industrial.

19. 02. 27

Em almoço na sede da Federação do Comércio do Estado de Goiás (Fecomércio-GO), no último dia 20, representantes do meio empresarial apresentaram demandas e discutiram planejamento metropolitano com a titular da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), Andréa Vulcanis. Durante a reunião, que contou também com a presença de vários deputados estaduais, de um vereador de Goiânia e membros de sindicatos, a representante do governo estadual também falou do projeto de reestruturação que está implantando na pasta.

Leia mais...
19. 02. 27

A Petrobras assinou um termo de cooperação com o Centro de Inovações CSEM Brasil. O objetivo da parceria estratégica é realizar atividades de pesquisa e desenvolvimento na área de energia solar.

A estatal investirá R$ 23,77 milhões ao longo de 30 meses no projeto, que contará com a infraestrutura e conhecimento acumulado do CSEM na produção de células solares impressas. As duas instituições vão elaborar uma formulação à base de perovskita solar (composto sintético com estrutura cristalina) para utilização como filme na fabricação de células fotovoltaicas impressas e flexíveis.

Leia mais...
19. 02. 27

A Indústria da Construção impacta fortemente toda a economia nacional, sendo uma alavanca para o desenvolvimento econômico e social no País. Participa com 4,8% do PIB nacional (2017 – IBGE), representa 22,4% do PIB industrial (2017 – IBGE) e 52,2% da composição dos investimentos nacionais (FBCF). Presente desde o sonho da moradia digna até o emprego formal, o bom desempenho do setor contribui em muito para o aumento do investimento e do crescimento do País de maneira sustentável.

Leia mais...
19. 02. 27

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) está elaborando o Planejamento Estratégico da pasta, que servirá como diretriz das suas ações para promover o desenvolvimento das cidades brasileiras e reduzir as desigualdades regionais até 2022. A ferramenta visa contribuir para a integração das diversas políticas públicas de infraestrutura urbana após a junção dos antigos Ministérios da Integração Nacional e das Cidades.

Leia mais...
19. 02. 25

O Sinduscon-GO apresentou as demandas das empresas associadas e cobrou providências

Na última quinta-feira, dia 22 de fevereiro, representantes das Entidades do Fórum Goiano da Habitação (Ademi-GO, Sinduscon-GO, SecoviGoiás e ADU), juntamente com empresários da construção e outros interessados, estiveram reunidos na sede da Enel Distribuição Goiás para tratar da crise pela qual a empresa está passando no Estado e os entraves gerados no setor. Representaram a ENEL o diretor de Relacionamento Institucional, Humberto Eutáquio, o responsável da área de Planejamento e Investimentos, Flávio Gomes e o responsável Grandes Clientes, Marcelo Resende.

Leia mais...
19. 02. 20

Se você acredita que pode ser um profissional de sucesso, não perca nossas dicas abaixo e se destaque no mercado:

1. Busque especialização contínua: Aprenda outros idiomas já que muitas publicações, com informações novas estão disponíveis em outras línguas.

Não deixe de participar de palestras, congressos e seminários voltados para engenheiros.

Faça mais de um curso de pós-graduação. As empresas valorizam os que buscam o aperfeiçoamento contínuo e aproveitam o aprendizado adquirido para agregar mais valor a elas.

Leia mais...
19. 02. 20

O Seconci Goiás promove, no dia 28 de fevereiro, às 14 horas, o 1º Encontro Técnico de Saúde e Segurança do Trabalho, com o tema “Proteção contra choques elétricos em canteiros de obras”. O evento, que será realizado no auditório do Seconci, irá abordar a análise técnica da nova redação do item 18.21 (Instalações elétricas) da NR-18 do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), com o intuito de apresentar, de forma prática, os meios de atendimento aos novos requisitos legais.

Leia mais...
19. 02. 20

“O novo governo deu sinais de que quer agilizar os assuntos das micro e pequenas empresas do País”, destaca a vice-presidente Regional da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Elizabeth Cacho do Nascimento (Betinha), que participou nesta segunda-feira (18/02), em Brasília, de mais uma produtiva reunião do Conselho de Micro e Pequenas Empresas (COMPEM) da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Leia mais...
19. 02. 20

Goiânia e Aparecida apresentaram crescimento nas vendas de imóveis pelo segundo ano consecutivo. Em 2018, o mercado imobiliário goiano atingiu o maior volume de unidades vendidas dos últimos quatro anos. Segundo dados da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Goiás (Ademi-GO), as vendas aumentaram 27% em 2018 em relação a 2017, com 6.579 unidades comercializadas, contra 5.169 do ano anterior. A informação integra análise divulgada pela Ademi-GO, nesta segunda-feira (18), com base em pesquisa desenvolvida pela Bureau de Inteligência Corporativa (Brain). O levantamento apresenta o consolidado de janeiro a dezembro de 2018.

Leia mais...
19. 02. 20

Ao analisar os dados de financiamento imobiliário, divulgados pela Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança) no dia 30 de janeiro, vale refletir sobre os últimos três anos, de 2016 a 2018, e sobre o que devemos esperar para 2019, ano em que depositamos enorme expectativa positiva, principalmente em função do governo que há pouco se instalou no País.

Para o mercado imobiliário, o fundo do poço foi o ano de 2016. Após dois anos consecutivos de PIB negativo, altas taxas de desemprego e gastos públicos desmesurados, o setor sofreu forte redução de lançamentos, registrou minguadas vendas e assistiu a um exponencial crescimento do número de distratos, consequência de o Judiciário não respeitar os contratos assinados entre incorporadores e compradores.

Leia mais...
Subir