PUBLICIDADE HORIZONTAL

Crea e Sinduscon-GO alinham ações para valorização da Engenharia

on 17 junho 2021
Atualizado em 23 junho 2021

O presidente do Crea-GO, Eng. Civ., Agric. e Seg. Trab. Lamartine Moreira, recebeu a visita do presidente do Sindicato das Indústrias da Construção de Goiás (Sinduscon-GO), Eng. Civ. Cezar Mortari, na tarde de 14 de junho. Em pauta, discussões acerca do retorno à valorização da Engenharia, conforme Mortari discorreu em recente artigo que pode ser acessado aqui.

Durante o encontro, o presidente do Sinduscon-GO destacou a necessidade de uma campanha nacional conjunta das entidades ligadas à Engenharia – começando pelo Sistema Confea/Crea, no sentido de resgatar a “vital importância da Engenharia no nosso meio”. Para Mortari, a ideia é mostrar para a sociedade a importância do bom exercício da profissão e de seus profissionais.

“Hoje, acontecem acidentes na área da construção civil e as primeiras pessoas que são buscadas para falar sobre são os advogados. Isso é um absurdo. Os técnicos das engenharias é que devem se manifestar, indicados pelo Confea ou Creas”, frisa Cezar.

Um dos pilares para a valorização da Engenharia defendido pelo presidente do Sinduscon é a importância do projeto. “A qualidade final está estritamente ligada à qualidade do planejamento”, ressalta o engenheiro, enquanto comemora a derrubada do veto à nova Lei de Licitações. O novo texto exige que qualquer licitação seja feita com todos os projetos executivos, na modalidade técnica e preço.

O presidente do Regional goiano, Lamartine Moreira, aproveitou para destacar o trabalho que o Crea-GO tem desenvolvido junto aos poderes Executivo, Legislativo e até Judiciário goianos. “Temos feito um trabalho de aproximação com os deputados goianos, com as prefeituras e câmaras municipais e até mesmo do Judiciário do estado exatamente nesse sentido, de fortalecer a Engenharia em Goiás”, ressalta Lamartine.

Cezar destacou ainda a importância de aproximação das entidades afetas à Engenharia com as instituições de ensino superior da área, com o que Lamartine concordou. “Não basta termos pessoas com curso superior; queremos pessoas que tenham uma formação profissional completa e, pra isso, realmente precisamos dessa aproximação com as escolas”, comenta o presidente do Crea-GO.

Lamartine ainda lembrou de um de seus compromissos de campanha, o Selo de Conformidade Crea-GO. “Estamos desenvolvendo o selo que, com renovação anual, será concedido às instituições de ensino que possuam cursos com as exigências técnicas do Conselho, como laboratórios e profissionais adequados, contribuindo para a autorregulação do mercado educacional”, destacou.

Entre outros, a relevância de que engenheiros ocupem os cargos públicos de caráter técnico também foi lembrada pelo presidente do Sinduscon-GO. “É importante que um secretário de Infraestrutura, por exemplo, seja devidamente qualificado. Não há problema que seja um político, mas ele deve ter a formação técnica”, destaca.

Diversos outros pontos foram levantados por Lamartine Moreira e Cezar Mortari na discussão da importância do trabalho conjunto não só em Goiás, mas todo o Brasil. Ambos os presidentes se comprometeram a manter as portas abertas um para o outro e buscar essa unicidade entre as entidades ligadas às diversas áreas das profissões do Sistema Confea/Crea, de forma que falem a mesma língua com um objetivo comum: a valorização da Engenharia.

Fonte: Equipe de Comunicação do Crea-GO

Subir